O Natal é um evento especial de confraternização para todas as famílias. No entanto, para quem recebe os familiares, a responsabilidade é grande. E aqui entra a organização para tornar tudo mais pratico e fácil.

O primeiro passo a dar e saber qual o número de convidados a receber. Apesar de ser a festa da família, muitos são os que convidam amigos e conhecidos para a ceia.

Em seguida, definir o cardápio que valorize as tradições , mas que também seja inovador e criativo. Para que te possa ajudar, aqui vão algumas dicas para a elaboração da ceia de natal:

Entradas: É sempre bom termos umas entradas para os convidados degustarem e terem uma ideia do que está por vir. As sugestões recaem sobre: Patês de camarão e atum, canapés de salmão e queijo branco, ovinhos recheados de camarão e lagosta, bruschettas, saladas e os frutos secos da época.

Carnes: A estrela do Natal como sempre é o Peru assado no forno recheado de maçãs, castanhas e frutos de natal. Porém, há quem opte pelo leitão à bairrada, cabrito assado, pá de porco recheada com maçã e laranja. Hummm, já estou com água na boca.

Peixe: O bacalhau tradicional com grão e legumes cozidos não pode faltar, no entanto sempre se pode variar com um bacalhau à minhota – bacalhau frito com ovo cozido ralado e cebola caramelizada ou um bacalhau espiritual.

Acompanhamentos: Aqui temos variedade à escolha: arroz à grega, arroz com champagne, batatas coradas e legumes salteados.

Sobremesas: Onde todos perdemos a cabeça. Temos as rabanadas, sonhos, panetone, bolo rei e rainha, tronco de natal, pudim, semifrios, pavês, e a lista é interminável.

Bebidas: Opções com álcool e sem álcool: Champagne, vinhos tinto e branco, licores, cocktails e sumos naturais com frutas da época.

A dica da Ceia de Natal é ter grande variedade e não tanta quantidade, pois os convidados o que mais querem é provar de tudo um pouco.

Espero que as dicas ajudem a celebrar um natal rico e feliz junto dos familiares.