No artigo passado, falei sobre os benefícios de contratar um Professional Organizer. Hoje, vou tirar as suas dúvidas sobre o que este especialista faz e o que não faz.

O Professional Organizer é um profissional que promove melhorias na vida das pessoas através da organização.  Através de técnicas especificas, o PO facilita a organização da sua casa (closet/guarda-roupa, quarto, cozinha/despensa, área de serviços, etc), a sua rotina diária, os seus documentos e até uma mudança. Ele tem também tem a função de orientar e treinar o cliente e os seus empregados a manter a ordem e a adaptarem-se aos novos métodos de organização propostos.

É importante saber que o este profissional não faz uma arrumação no ambiente ou móvel e sim optimiza os espaços e de modo a reduzir o tempo de procura e a trazer praticidade e funcionalidade. A lista de actividades que o Professional Organizer pode oferecer é longa e está sempre em evolução.

Saiba agora o que Faz um Professional Organizer:

  • Fazem uma triagem. O organizador profissional faz uma visita a sua casa, avalia o cómodo, closet ou ambiente a ser organizado. Analisa o seu perfil e através de perguntas específicas passa a conhecer as suas necessidades para encontrar as soluções mais adequadas.
  • Triagem de desapego. Separa os itens em 3 categorias, geralmente com o auxílio de 3 caixas, separando o que pode ser doado, guardado e o que pode ser deitado fora.
  • Treino da empregada. Ensina métodos e técnicas as ajudantes do lar para que mantenham e continuem o processo de organização.
  • Manutenção no sistema de organização implementado. O serviço já foi finalizado, após isso o professional organizer pode fazer algumas visitas de tempos em tempos para avaliar se o sistema de organização implementado funciona em pleno.  Esta visita pode ser mensal, trimestral ou semestral, de acordo com o pacote fechado com o profissional de organização.
  • Organização de mudanças.  Auxiliam a embalar e a desembalar os seus pertences com o uso de técnicas de organização práticas para facilitar a mudança. 
  • Ajudam a família a desfazer-se dos pertences de um familiar que morreu. Esta é uma outra categoria do profissional em organização, chamada de Personal Organizer pós-funeral. Ele acompanha o cliente nesta dolorosa tarefa e o ajuda a definir o que será doado, descartado ou guardado
  • Baby Planner. Este profissional ajuda os pais a planear a chegada do bebe.
  • Organizacao Home Office. Este profissional garante maior produtividade e eficiência na organização de armários, arquivos, prateleiras, mesas e papéis em geral.

O que NÃO faz um Professional Organizer:

  • Não criticam, analisam.  Não precisa de ter medo ou vergonha de mostrar-lhe o seu quarto da desarrumação ou o armário de pernas para o ar. Afinal, o Professional Organizer que ama organização sente-se atraído pela desarrumação. É sério! Porque eles já imaginam o resultado do trabalho, o antes e depois do cómodo ou móvel.
  • Não descartam nada sem a sua autorização. Todo o processo de organização é preciso que o cliente descarte os excessos, objectos inúteis, documentos e notas de compras antigas, roupas que não usa mais, etc. O organizador profissional pode até sugerir o que descartar, mas nunca fará isso sem falar com o cliente antes e saber que está de acordo.
  • Não tem a intensão de lhe transformar num professional organizer. Existem cursos específicos para isso, se este for o seu objectivo. Este profissional  vai simplesmente ensinar-lhe a manter a organização após o termino do serviço, utilizando padrões fáceis de serem memorizados.
  • Não fazem limpeza. Não é da responsabilidade do professional organizer limpar a área a ser trabalhada. Se o espaço estiver muito sujo, o que geralmente ele vai identificar logo na primeira visita, pedirá para que se faça ou que contrate alguém para fazer a limpeza daquele espaço.
  • Não são faz-tudo. Não penduram prateleiras, montam e desmontam móveis, pintam paredes, etc. Essas actividades devem ser feitas com os equipamentos certos e profissionais capacitados, muitas vezes recomendados pelo PO,  para isso como montadores de móveis, pintores, electricistas e outros dependendo da tarefa que necessitar.
  • Tratamento contra compulsão por compra e acúmulo de roupas e objectos.

Agora que já sabe o que faz e não faz um Personal Organizer e acha que está a precisar de um, contrate-o e organize-se de vez.

Investir num serviço de organização é investir em si! Tenha mais tempo para a sua família, os seus amigos e para os seus projectos! Deixe a organização entrar na sua vida!